Comprar um carro nos EUA e no Brasil – Parte 1

Tive a oportunidade de ter a experiência de comprar um carro zero quilômetro tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos. E vou compartilhar um pouco as diferenças que notei em cada compra.

Vou dividir em áreas, ou melhor, em etapas que levam desde a pesquisa sobre uma marca até a retirada do veículo da loja, acho que assim farei com que a leitura fique mais interessante, concordam? Também dividirei este post em 2 partes para ficar menos cansativa a sua leitura.

  • Pesquisa / Marketing :

Apesar de morar nos EUA, estou em um estado que tem suas particularidades, e que difere muito do restante do país. Texas é um estado em que quase tudo é amplificado. Tudo tem que ser grande, ser o maior. Um dado que descobri estudando para a prova de motorista é que o estado do Texas tem mais picapes e grandes SUVs  que todos os outros estados juntos dos EUA. Não parece uma loucura? Dá para perceber o que mais faz sucesso aqui. Portanto, praticamente todos os anúncios de fabricantes de carro são voltados para este público. Algumas vezes temos outros anúncios, que basicamente são de empresas que não possuem este tipo de carro como “carro chefe” ou que são segmentadas para outros tipos de público.

Mas uma coisa que chama tanto a atenção como no Brasil é o financiamento. Todos os anúncios mostram formas de pagamentos facilitadas, com “grandes” promoções e descontos que só valem no próximo final de semana. Aquela velha mania de fazer você ir correndo a uma concessionária para comprar seu carro!

No Brasil, eu, pelo menos, utilizo bastante os jornais para pesquisar sobre carros, preços, formas de pagamentos e promoções que me agradem. Nos EUA você não encontra muito este tipo de informações nos jornais. Claro que há anúncios, mas em muito menos quantidade.

  • Visita à concessionária / loja:

Outra diferença interessante é que no Brasil nos acostumamos a falar somente com uma pessoa, que lhe mostra o produto, tira todas as suas dúvidas e faz toda a parte burocrática da venda, lhe passando valores e fazendo o fechamento da sua compra.

Aqui no Texas, pelo menos, este processo é um pouco diferente. Há um pré-atendimento, uma pessoa que faz o test-drive no carro, mostra tudo que o carro tem e tira completamente todas as suas dúvidas. Aqui como todos os carros ficam no pátio, você testa os carros que estão para venda, e não carros previamente estipulados como carros de TEST-DRIVE.  Após você escolher o seu carro, você é direcionado a um vendedor. Este por sua vez, lhe falará do preço de venda. Sim, por que você tem um papel em cada carro mostrando o preço daquela unidade, mas é um preço inicial em que não há nenhum desconto. Então vale do seu poder de convencimento para adquirir seu carro em um preço excelente para o seu bolso!

 

Ler a continuação – Comprar um carro nos EUA e no Brasil – Parte 2

One Response to Comprar um carro nos EUA e no Brasil – Parte 1

  1. simone disse:

    Amei este post comparando como é isso nos dois países. vou ler a parte 2!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *