Você sabe preparar um currículo?

Com foto ou sem foto? Papel branco ou colorido? Quantas páginas? Coloco a idade? O estado civil? Essas são dúvidas que passam na cabeça de todo mundo na hora de preparar um currículo. A ideia aqui é te ajudar nesse propósito!

Em primeiro lugar, tenha em mente um objetivo. Não adianta colocar no currículo que você quer a área administrativa, comercial e de contabilidade. Se você tem interesse nas 3 áreas, faça um currículo para cada uma delas, valorizando mais as atividades desenvolvidas dentro daquele objetivo. Na prática, coloque naquele cujo objetivo é trabalhar com contabilidade todas as tarefas contábeis que você já executou.

Outra dica boa é prestar atenção no anúncio da vaga que você a que você quer concorrer. Se ele pede uma experiência que você tem, por exemplo, “negociação com fornecedores”, revise o seu currículo e coloque claramente aquela atividade entre as suas atribuições. Mas tem que ser verdade, porque se o recrutador está buscando aquilo, muito provavelmente ele vai te fazer perguntas sobre o assunto.

A posição dos itens do currículo também pode variar. A única parte que sempre vai ser a primeira são os seus dados pessoais: nome, endereço, telefone e e-mail. Em segundo, coloque seu objetivo e, em seguida um resumo de suas qualificações: algumas linhas sobre suas principais realizações e seus pontos mais fortes.   Nesse ponto, nada de personalidade. Isso quem vai julgar é o recrutador. Você pode simplesmente colocar algo como: “Profissional com inglês fluente e mais de 7 anos de experiência na área  de importação e exportação, sendo responsável por atividades como desembaraço aduaneiro, etc, etc.”

A partir daí, tudo depende de uma análise crítica sua. Abaixo do resumo de qualificações, deve vir o seu ponto mais forte. Se você fala idiomas e isso é importante para a vaga à qual você está se candidatando, coloque esse fato logo no início do currículo e depois escreva a sua experiência profissional e educação. Se a sua educação foi em uma das melhores universidades do país, coloque isso logo no início. Se, ao invés disso, você tiver estudado em uma universidade média e tiver um inglês básico, mas tiver uma experiência profissional forte, foque na experiência primeiro e coloque a educação e os idiomas depois.

O importante é que você personalize seu currículo para que ele combine com o cargo ao qual você está se candidatando, mas sempre falando a verdade! Não ceda à tentação de exagerar: é melhor não ter todas as qualificações do que passar por mentiroso! E faça com que esses itens estejam no seu currículo: identificação pessoal, objetivo adequado ao cargo a que você está se candidatando, resumo de qualificações, formação educacional, idiomas, experiência profissional (dividida por empresas, com a data de início e término e a lista de atividades relevantes à vaga)

Bem, antes que você diga que eu não falei dos detalhezinhos lá de cima: a foto dificilmente serve para atrair mais um recrutador do que um currículo sem foto, mas pode ser decisivo para eliminar um candidato. Por isso, se você preferir colocar foto, aposte na sobriedade e coloque uma com aspecto bem profissional. A cor do papel não faz tanta diferença assim! Normalmente, deixe o colorido para cargos que precisam de mais criatividade, como designers ou publicitários. Os outros podem usar o branco mesmo! Duas páginas é o tamanho ideal de um currículo! Menos do que duas parece que você não tem ainda muito pra contar (o que é totalmente normal para alguém que está começando a carreira, mas não para quem já está trabalhando há bastante tempo!) e mais do que 3 páginas acaba cansando o recrutador.  Então, não exagere! Se você prefere não colocar a idade, não coloque, mas lembre-se que, pelo seu histórico profissional, dá para estimá-la de qualquer forma.  O estado civil pode ficar de fora,  já que,  infelizmente, ainda tem recrutador que acha que quem é casado e tem filhos tem limitações.  Pronto! Agora, mãos à obra e faça o seu currículo ser um dos escolhidos para a próxima etapa… a entrevista!

One Response to Você sabe preparar um currículo?

  1. Simone disse:

    Acho muito difícil preparar um currículo! Além de um pouco chato, né?! Infelizmente, é um mal necessário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *