Arquivos da Categoria: Cultura

Festa Junina em casa

arraia00

Tudo bem que já estamos em julho…
Mas já há muito tempo que a festa junina, pelo menos no Rio de Janeiro, começa em junho e vai até agosto! Melhor para a gente, que pode curtir mais tempo essas festas típicas que são tão gostosas!

arraiá

Minha dica de hoje vai para quem quer fazer uma festinha caipira em casa.

Não precisa de muito… espalhe umas bandeirinhas, faça umas comidas tipicamente caipiras, combine com os convidados o traje a caráter (pelo menos uma camisa xadrez todo mundo tem, vai…), e simbora pro arraiá!arraia8

Aqui vão as fotos do que fizemos aqui em casa para comemorar o mesversário da nossa filha! Como não temos muito espaço, chamamos somente os avós e padrinhos, mas nada impediu de ser bem animado.

arraia9

Teve até uma barraca do beijo no improviso (na verdade, uma esteira daquelas de estender na praia, presa na parede) … Tudo simples, caseiro e barato.

arraia0

As bandeirinhas foram feitas com papel de seda coloridos que vêm às vezes embrulhando alguns presentes. O bolo de aniversário na verdade foi um bolo de fubá.

arraia4

De comidinhas salgadas simples, as ideias são: pipoca, caldo verde, empadinhas, caldinho de feijão, cachorro quente, salsichão, milho verde… De doces, canjica, cuscuz, pé de moleque, paçoca, cocadinha, tapioca, e mais outros doces caseiros e bolos. O que não falta é opção.

arraia2

Importante é aproveitar o meio do ano e festejar de algum jeito bem caipira!

arraia1arraia5arraia44arraia22

Sobre gigantes e anões

Nascido no fim da 1ª Grande Guerra, em 1918, e falecido no fim do ano passado aos 95 anos, ele foi ganhador do prêmio Nobel, e contribuiu, indiscutivelmente, para o progresso humano no século XX.

Se à mente do leitor veio a figura de Nelson Mandela, deve saber que a descrição também se aplica ao bioquímico Frederick Sanger. Ambos nasceram no mesmo ano de 1918 com diferença de 1 mês (Mandela em julho, Sanger em agosto), e faleceram em 2013, igualmente, em meses consecutivos (Sanger em novembro, Mandela em dezembro). Mandela foi laureado com o Nobel da Paz em 1993. Sanger com o de química por duas vezes – em 1958, quando determinou a sequência peptídica da Insulina (hormônio cuja falta acarreta a doença diabetes mellitus), e em 1980, pela criação de técnicas de sequenciamento de DNA.


mandela

Suas vidas, origens, e desafios que enfrentaram foram completamente diferentes. Um nasceu numa tribo sul-africana, engajou-se na luta política de um país disputado pelas potências europeias, foi preso por quase 3 décadas, e participou ativamente do movimento que pôs fim à segregação racial injuriosa do apartheid. O outro nasceu na Inglaterra, cedo apaixonou-se por temas científicos, teve a oportunidade de estudar sob uma metodologia chamada Plano Dalton, cujo escopo visava ao desenvolvimento da liberdade, iniciativa e autonomia dos discentes, e tornou-se um dos maiores cientistas de todos os tempos.

sanger

O regime no qual Sanger desenvolveu seu potencial científico contrasta, radicalmente, com aquele que se tornou a razão da vida e luta de Mandela. Mas ambas as conjunturas ensejaram que seus protagonistas empurrassem a humanidade a um estágio mais avançado de civilização. Sanger estendeu as fronteiras do conhecimento, desvendando a estrutura química da vida. Mandela ampliou as da liberdade humana, derrubando o preconceito, o racismo e a hipocrisia.

Nestes meados de 2014, no entrementes das datas em que se comemorariam os 96 anos dos dois personagens, a importância de suas trajetórias é aqui lembrada em deferência aos que se dedicam, de forma construtiva, ao progresso do homem na Terra.

No mesmo instante em que esta homenagem é aqui registrada, escreve-se, em outra parte do globo, mais um triste capítulo da História. Trata-se do conflito na Faixa de Gaza que já ceifou a vida de cerca de 50 soldados israelenses, e mais de 1500 civis palestinos, dentre os quais muitas crianças, mulheres e idosos. É fato difusamente conhecido que vários mísseis de Israel já atingiram escolas e hospitais, sob a justificativa de os locais abrigarem terroristas do Hamas, e sob a auto-eximição de os mesmos usarem a população como escudo humano.

Em meio às críticas que Israel recebeu da comunidade internacional (incluindo as de aliados, como os EUA), foi particularmente interessante sua reação à do Brasil, que convocou seu embaixador no país. Chamou, através de seu porta-voz, o país de “anão diplomático”, e de parceiro “irrelevante”.

O menoscabo público e oficial na referência a um membro da ONU com quem, historicamente, manteve laços de amizade, denota o grau de respeito que Israel dedica a quem dele discorda.

Mandela certa vez disse que sonhava com o dia em que todos se levantariam e compreenderiam que foram feitos para viver como irmãos. Sanger, certa feita, ao recusar uma distinção que lhe foi oferecida, respondeu: “A knighthood makes you different, doesn’t it, and I don’t want to be different!”. Tarde demais… Enquanto se discute a definição do que seja desproporcional, 7×1 no futebol, ou 50 contra 1500, a relevância gigante das memórias de Frederick Sanger e Nelson Mandela se opõe à moralidade anã dos promotores da desgraça de Gaza.

MEU NAMORADO É UM ZUMBI

Sabe quando você vai ao cinema  apostando que o filme que você vai ver é uma besteira?

Pois então, com este título tétrico – Meu namorado é um zumbi! – , claro que fui já tendo certeza de que o filme seria uma bobeira do início ao fim!

Pois eis que, logo nos primeiros 5 minutos de história, percebi que poderia estar diante de um filme que, dependendo do ângulo certo, renderia várias reflexões.

Não posso falar muito pra não estragar a história. Mas se eu relatar aqui a sinopse, você vai concordar comigo: o filme parece uma besteira sem igual!

A história fala de um zumbi (já reparou como os roteiristas adoram zumbi, vampiros e ETs???!!!) que vive entre outros zumbis numa espécie de aeroporto abandonado. Um dia ele conhece uma moça, filha do cara que quer exterminar totalmente os zumbis. Ela entra esta região onde os zumbis vivem pra pegar medicamentos (?). Mas aí tem um ataque de zumbis aos humanos. E um dos zumbis salva esta moça e a leva para dentro do avião (?) onde ele mora. Ele começa a desenvolver um tipo de relação com ela enquanto a mantém presa. A partir daí, eles começam a se envolver e o zumbi começa a sofrer mutações humanas. Ok. É mais ou menos isso. Nem vou entrar no mérito de que existem ainda umas “caveiras” que comem os zumbis. Oh, céus!

Vamos lá: em primeiro lugar, não sou crítica oficial de cinema. Andei lendo na internet o que o pessoal achou deste filme. A maioria criticou feio.  Definitivamente, não viram o que eu vi. O que vi foi um filme com uma história de amor super bonitinha, e a demonstração de como o amor pode transformar não somente uma pessoa, mas uma população. No caso do filme, o amor estava transformando toda a população zumbizesca!

Além disso, mostra o quanto é difícil aceitar e conviver com aquele que é diferente, embora, com boa vontade, esta convivência seja possível. Pra finalizar, mostra ainda que, por mais que se tente, há aqueles que nunca mudarão (no caso do filme, os “caveiros”).

No fundo, o que nos diferencia de um zumbi? É o colorido de se estar vivo, recheado de sentimentos e interações. Pode ser que eu estivesse muito filosófica  no momento em que assisti ao filme e tenha visto até o que não existia? Ok,  pode. Mas, o que eu quero dizer é que, com boa vontade, este filme pode facilitar um pouco algumas das reflexões mais legais que a gente pode ter após ver um filme de zumbi.

OBS: ok, se mesmo assim você não se convenceu a ver o filme, assista ao menos pela trilha sonora. Faz toda a diferença! Já vi filmes médios que ficam excelentes pela exata escolha das músicas nos momentos certos. Já vi filmes muito bons que pecam pela falta de uma boa trilha sonora adequada aos momentos específicos. Na boa? A trilha sonora, pra mim, é 30% de um filme. 10% são os atores, 10% a fotografia, e os outros 30%,o roteiro.

TOP TEN: os 10 melhores filmes que têm a ver com música

Mais uma vez estou aqui fazendo minha listinha. Agora, são os 10 melhores filmes que tem a ver com música.

Esta é a minha lista neste momento. Ou seja, não é definitiva, nem a melhor, nem a mais verdadeira. E, pra completar, como sou eu também que fiz as regras, esta lista TOP TEN não tem 10 filmes, mas sim 11!

Amo música e acho que tê-la como destaque em um filme é bem arriscado: pode transformar uma produção em algo quase mágico ou detonar a história, tornando o filme chatíssimo!

Neste caso, claro, somente me lembrei dos filmes legais. Um melhor que o outro, cada um com um estilo de música e com um clima diferente. Todos quase mágicos.

Dez melhores filmes de música (para mim):

1)      Mamma Mia: O cenário é perfeito e ensolarado, a história é divertida, os atores são ótimos e as música… nem precisa dizer! É o Abba!

2)      Chicago: excelente ambientação, músicas interessantes e que grudam na cabeça. Muito bom!

3)      Johnny June: Pra começar, é uma história real. E de amor de verdade, pois o casal ficou junto até o fim da vida. Você se apaixona pela música e pelo casal.

4)      Moulin Rouge: Um filme inovador. Gostoso de assistir. Nicole Kidman está em um de seus melhores papéis.

5)      O som do coração: Um filme de chorar. Tem criança, tem orfanato, tem história de amor … e a música!

6)      Hairspray: Um filme super pra cima. Que mexe com o politicamente correto de uma outra época , mas que também pode se aplicar aos dias atuais.

7)      Sweeney Todd: um misto de drama e suspense, mas com alguns momentos em que eu achei graça. Johnny Depp em mais um de seus papéis esquisitões, num filme de Tim Burton e com Helena Bonham Carter.

8)      Os produtores: Uma comédia que fala de Hitler com leveza. Bom astral, engraçado e com atores divertidos.

9)      Piaf: um hino ao amor: Uma história real, o que faz toda a diferença. Filme intenso sobre uma das maiores cantoras da França. Marion Cotillard interpreta com toda a intensidade que o papel exige.

10)      Onde o amor está: Em primeiro lugar, é um filme com a Gwyneth Paltrow, atriz que eu, particularmente, gosto muito. É natural ao interpretar, bonita, canta bem… E ainda tem um outro detalhe que eu amo: música country.

11)      Annie: filme que marcou minha infância. E foi onde eu ouvi uma frase que serve de mantra pra minha vida até hoje: “You are never fully dressed without a smile” (“Você nunca está completamente vestido se não usar um sorriso”)

E você? Gosta de filmes de música também? Gostaria de incluir mais algum? Qual? Mande sua sugestão!

Minha lista dos 10 melhores filmes para rir muito!

E já que o assunto em pauta são os filmes, aqui vai minha lista altamente personalizada dos 10 filmes que eu mais ri na minha vida.

Claro que estou esquecendo de alguns, pois este é o risco que se corre ao se ter a pretensão de fazer listas de Top 10!

Mas, mesmo assim, aqui vai a minha lista para aqueles dias em que você está precisando dar umas boas risadas!

Dez melhores longa-metragens pra rir muitooooo:

1)      Se beber não case (parte 1 mais do que a parte 2!)

2)      As branquelas

3)      Garota Veneno

4)      Um parto de viagem 

5)      Antes só do que mal casado

6)      Todos do Todo mundo em Panico

7)      Se eu fosse você 1 e 2

8)      O amor é cego

9)      Os normais 1 e 2

10)   Mulher Invisível

11)  O Ditador 

Sem contar os hilários “Lisbela e o Prisioneiro”, “Cruzeiro das Loucas”, “Eurotrip”, entre outros.

Bem, esta é a minha lista. E a sua?

 

 

 

Novidades no mundo do aluguel de filmes!

Gente, vamos falar um pouco de filmes agora! Quem nunca desejou ver um filmezinho durante uma tarde sem fazer nada? Ou mesmo à noite, acolhidinho com quem a gente ama… É bom, né? Pois é, e com os avanços tecnológicos atuais, tem ficado melhor ainda. Têm surgido novas formas de alugar filmes, e é sobre isso mesmo que vamos falar aqui.

Aquela história de ter que se deslocar à locadora e ver seu filme esgotado já acabou, hoje temos maneiras muito melhores! Vamos ver…

1. VÍDEO SOB-DEMANDA (Video On Demand/VOD).

Pra quem não sabe, essa é uma forma de alugar filmes bem parecida com aquele Pay-per-view, já antigo das TVs à cabo, mas com um diferencial: você pode ver o filme quando quiser. Ele começa quando você quer, você pode pausar, voltar, avançar e até parar e continuar vendo depois… Assim como um DVD, ou melhor um Blu-Ray, pois a maioria dos filmes podem ser alugados em HD! Como o PPV, você também tem que pagar a mais pelo filme que assiste, mas se pensar bem, às vezes é até mais barato do que na locadora.

Dentro desse estilo de locação de Vídeo Sob-Demanda, há muitas formas de alugar. O NOW (da Net — basta apertar a tecla VOD no controle remoto ou ir ao canal 1, contanto que você esteja em uma das áreas atendidas por esse serviço) e o GVT On Demand são algumas delas.

Além desses, tem o iTunes! Ainda pouco utilizado no Brasil, é uma loja bem completa e com preços razoáveis para alugar filmes! Agora, este método possui algumas desvantagens… Vamos vê-las!

1. Como todos os filmes dessa loja possuem proteção contra cópia desautorizada (principalmente necessária para alugéis de filmes), não é possível gravá-los em DVD ou colocá-los em um Pen Drive para vê-los na TV. A única forma para fazer isso é se possuir uma Apple TV  ou se puder conectar o computador à TV. De resto, ainda é possível ver em iPods, iPhones, iPads, e claro, em PCs e Macs (não, Zune, PSP e qualquer outro tipo de aparelho portátil que não seja da Apple não vai poder visualizar tal filme, justamente por causa da proteção contra cópia).

2. Você precisa de uma internet rápida, pois ao invés dos serviços oferecidos pelas TVs à Cabo, que baixam o filme diretamente através do cabo coaxial, de alta velocidade, o iTunes utiliza a internet para baixar o filme e fazer o streaming.

Apesar disso, o iTunes ainda é uma ótima maneira de alugar filmes, creio eu que, em partes, até melhor que o NOW, por exemplo, pois possui mais filmes em catálogo.

 

2. MÁQUINA DE ALUGAR FILMES.

Muito popular nos EUA, e feito popular pela empresa Redbox, hoje em dia essas máquinas de alugar filme também estão chegando ao Brasil, através da empresa Blockbuster.

maquina_de_dvdsApesar de não se comparar ao conforto de alugar um filme dentro de sua própria casa, essa máquina torna muito mais fácil a tarefa de alugar um filme.  É muito fácil, basta escolher um filme na tela (essas máquinas possuem mais de 400 filmes disponíveis, entre eles LANÇAMENTOS), colocar o cartão de crédito e pegar o filme. Não precisa nem ter cadastro. E cobram um preço MUITO BOM! R$2,99 por dia, mesmo o filme sendo lançamento! Agora… as desvantagens:

1. Não possuem Blu-Ray

2. Para alguns isso pode ser uma desvantagem: essas máquinas por enquanto só existem no Rio de Janeiro.

3. O filme tem que ser OBRIGATORIAMENTE devolvido em uma máquina dessas, pode ser em qualquer uma, mas tem que ser MÁQUINA, não pode ser devolvido em uma Blockbuster comum ou por aquele Quickdrop (a portinha que existe numa Blockbuster comum para devolver filmes).

Essas máquinas já estão em várias Lojas Americanas, espalhadas pelo Rio de Janeiro. Para saber se há alguma perto de você, entre no site deles: www.maquinadecinema.com.br

 

3. ALUGUEL DE DVDs PELA INTERNET.

Esse método é diferente. Ao contrário do Vídeo Sob-Demanda, você não baixa o filme na hora, e sim PEDE O FILME ATRAVÉS DA INTERNET, para que entreguem na sua porta. Não, não é um método eficiente, até porque demoram às vezes até um dia para entregarem, porém é muito bom para quem não tem tempo de ir sempre a locadora e não quer/não tem como alugar filmes através de VOD.

Em sites como o NetMovies ou a Blockbuster Online, você pode criar um plano de aluguel de DVDs, Blu-Rays e dependendo do plano e do site, até mesmo de Videogames, e paga por mensalidade. Funciona assim, você escolhe quantos filmes você quer por mês e quantos filmes por troca você quer. Por exemplo, se você escolher 4 filmes, 1 filme por troca, significa que você pode pegar até 4 filmes por mês, mas só pode pedir 1 filme a cada vez. Aliás, você pode ficar com o filme por quanto tempo você quiser! Só que, por exemplo, nesse plano de 1 filme por troca, só poderá pegar outro, quando devolver o primeiro, e assim vai!

Esse é um tipo de serviço que vale bastante! É bem prático, e apesar de não eficiente, ajuda quando você não tem muito tempo, né?

——//——

Quem sabe se agora que você viu algumas maneiras mais fáceis de alugar filmes, não irá se tornar cada vez mais fã deles? Espero que tenham gostado da dica! Até a próxima!